Apesar da Cúpula do Clima ter como pano de fundo um projeto da administração Biden, a Cúpula terá o papel estratégico de estimular a criação de planos por parte das maiores economias para reduzir as emissões de poluentes e gás carbônico até 2030. A meta é tida como “crucial para manter ao alcance o limite de 1,5°C de aquecimento”.

O encontro que está sendo realizado hoje e amanhã, também terá um enfoque importante de discussão da capacidade de geração de emprego e renda nos países que adotarem a agenda de ação climática, dentre outros planejamentos que busquem a utilização de tecnologia, o cooperativismo internacional e a criação de benefícios econômicos em favor do combate à devastação ambiental.

Diante do aumento da perda florestal em nosso país, esperamos que nossos reapresentastes se comprometam com a atenção à prevenção de queimadas, bem como com a preservação e recuperação das nossas florestas.

Compartilhe:
Facebook
Twitter
LinkedIn
INSTAGRAM